sexta-feira, 10 de abril de 2015

Ler o passado



Estava eu, aqui perdido, estava eu na minha infância
Perdido, perdido nos livros, em livros.
Estava eu na minha infância, perdido, perdido
E os livros, são os mesmos caminhos,
da minha vida, encontrei eles em sonho,
que perdidos eu os li no mundo que inventei,
o que era meu era de outros.
Nunca nos vimos,
nos reconhecemos em livros, só em livros.
Perdidos, estava eu,  
Todos perdidos nos livros,
Ver era viver ‒ Ler!
Me via nos lugares mais distantes.
Estava eu, aqui em minha sala, perdido, perdido.
Na vida, na infância encontrei todos, hoje todos moram
Em livros.
Minha vida perdida em livros,
Envelheço em lidos mais vividos.
Se pudesse ler o passado, certamente eu o leria, 
em livros, Perdidos.
                                              
Postar um comentário