quarta-feira, 9 de abril de 2008

Partículas Elementares de Michel Houellebecq




Aí está um grande livro “Partículas Elementares” de Michel Houellebecq, editora Sulina. Uma reimpressão, com nova capa, imagem cedida gentilmente pela distribuidora Pandora Filmes e finalizada por Vitor Hugo Turuga. A tradução é de Juremir Machado da Silva. O filme, uma adaptação do livro, tem estréia em Porto Alegre neste dia 11 de abril nos Cinemas Guion.

“Este livro é, antes de tudo, a história de um homem que viveu a maior parte da sua vida na Europa ocidental, durante a segunda metade do século XX. Geralmente só, esteve, entretanto, de longe em longe, em relação com outros homens. Viveu em tempos infelizes e conturbados. O país em que nascera, deslizava, lenta mas inexoravelmente, para a zona econômica dos países médios-pobres; freqüentemente acossados pela miséria, os homens da sua geração passaram, além disso, a vida na solidão e na amargura. Os sentimentos de amor, de ternura e de fraternidade humana tinham, em ampla medida, desparecido; nas relações entre eles, os seus contemporâneos demonstravam, quase sempre, indiferença ou mesmo crueldade.” (Houellebec, 2008, p.5)
Postar um comentário