quarta-feira, 3 de outubro de 2007


Foto de Carlos Martins "Olhos de Juliana"

O encontro através do espelho:


A dor no espelho esperando sua vez,
A solidão em presença na espera
É a distância quando dança,
Na presença dos teus olhos que falam baixinho sobre a ausência dos meus dias.


O encontro nas ruas:

Caminhava perdidamente, enlouquecido pela falta da língua alheia, da boca de outro, da maquinaria das linguagens em minha vida, da vida de um corpo com signo, de uma voz feminina em minha vida.
Saí de uma casa e fiquei na espreita do medo da solidão, mas nada disso poderia me alcançar diante de todas as perguntas sobre as inexeqüíveis palavras sobre a liberdade.

O encontro na vida:

Olhava perdido em sua vida, a solidão sempre se transformando, vagueando, removendo a dor com os dedos das cores.
Sei o que fazer delas diante de nossa cumplicidade que busca um lugar para estarmos nos próximos anos de nossas vidas.
Postar um comentário