sábado, 30 de julho de 2016

Velhice

               


Desrespeite meus cabelos brancos, 
eu não sinto nada por você.
Eu sinto a dor que sentes e não percebes.
Tu sentes a vida na dor que vivo.
Respeite a dor do Outro.
Eu sinto, tu sentes,
A luz que nos aquece
A luz que adormece.
Respeite o teu desejo,
Respire todos os poros,
O corpo envelhece.


Postar um comentário