quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

O Viajante


“Tudo isso é a passagem aos nossos olhos. E nada disso ela foi outrora.”
Walter Benjamin

Um amor além desta cidade,
O verão queima as casas, os telhados brilham,
Um amor além deste lugar,
A vida é mais que um prato à mesa,
É a fome dos fantasmas que vivem nesta cidade.

Um verão a mais na vida dos meus planos,
Depois desta cidade não existe mais um lugar para morar sozinho.
Um amor além desta cidade só com você,
Lá na beira do Sena, irei plantar meu sonho,
Ele nunca morreu, irei catar lixo para sobreviver de amor.

Irei morar em baixo da ponte para pagar o teu doce preferido,
um amor além desta cidade é preciso.
Vamos envelhecer longe daqui, que ninguém nos ouça:
Vamos embora quando findar o dia,
o avião não espera ninguém. Partimos! 

Postar um comentário