terça-feira, 3 de abril de 2012

Dialética no Século XXI



Parte 1:
O assalto da vida é como o assalto de um homem morto que reza para não acordar e sonha para roubar a vida que não lhe pertence mais. Então, quem matou o sonho do morto?
Parte 2:
O homem continua a morrer sem dar tréguas ao erro. Ele percorre as tempestades dos mares, corre o samba da vida para não acordar na solidão.
Parte 3
A sorte não o abandona antes do nascer do dia. O homem percorreu seus sonhos em vão ou perseguiu o sonho de outro homem?


Postar um comentário