segunda-feira, 18 de outubro de 2010



Existe o mundo interessando no homem do mundo? Existe a filosofia da existência em que o argumento perde para a linguagem? Existe o Nada em que o Acaso toma conta como se cuidasse de uma criança? Existe a Verdade diante do escape da Ideia que teima em ser a saída para não ficar fechada na linguagem? Bem, existe a contradição.Uma delas é permanecer não preso aos dogmas e sempre poder voltar aos velhos amigos da parede da minha casa. Sartre e Simone.
Postar um comentário