segunda-feira, 19 de maio de 2008

Samuel Beckett escreve em apoio a Fernando Arrabal



Carta que Beckett escreveu em apoio à defesa de Fernando Arrabal quando não pode comparecer a testemunhar no julgamento do Arrabal. Típico intolerância das ditaduras, na época, 1967, Francisco Franco e sua polícia prendem o dramaturgo por ter dado o autógrafo do livro "Celebrando a Cerimônia da Confusão" a um jovem logo quando chegou em Madrid. Acusação da prisão na Espanha, dias depois foi preso na sua casa em Múrcia, por de ter escrito uma dedicatória sacrílega e antipatriótica, pela qual poderia ser condenado de seis a doze anos de reclusão.
Postar um comentário