quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

AMOR-RIO




Eu me importo contigo, só não gosto das minhas mazelas.
Eu me importo, gosto de tuas entranhas. Estranho AMOR.
Eu me importo, alguma coisa nesse mundo, me importo.

A única dor que existe é tua resposta a dor,
És forte, sobrevive à lama, a todo teor de manganês,
És água, pureza em tua vida escorre desde a nascente,
é tua luta, meu os olhas choram em te ver morrer.

Postar um comentário