sexta-feira, 24 de julho de 2009

Proust em Deleuze, em Godard




"O tempo não é um todo, pela simples razão de ser a instância que impede o todo."
Gilles Deleuze em Proust e os signos

quinta-feira, 16 de julho de 2009

A maquinaria das páginas


"Um livro é uma pequena engrenagem numa máquinaria exterior muito mais complexa. Escrever é um fluxo entre outros, sem nenhum privilégio em relação aos demais..."
Gilles Deleuze



Eu lambo o livro,
Como o livro como se come
a máquina de leitura,
Fluxo que vem da escritura,
mão que passa por baixo das páginas,
adentro das calças
Fluxo corrente, erótico,
leitura que se lê, se masturba,
se chora enquanto termina
Folha é o redemoinho que vem página à página.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

A insurreição anarquista em livro


Edição da Semiotext(e)


A honra de sentar no banco dos réus da escritura. O Comitê Invisível escreveu L’Insurrection qui vient pela La Fabrique Éditons.
Nos EUA Sylvere Lotringer, editor da Semiotext(e) lança The Coming Insurrection com grande repercurssão na terra do Tio Sam. A Insurreição que vem precisa de fluxo na terra do futebol.



Capa francesa-La Fabrique Éditions

domingo, 5 de julho de 2009

Um pouco mais que a metade


Imagem do filme Ninho Vazio

Amor se come com os pés
Livro se lê com a fome
As mãos se encarregam de fazer o resto de nossas vidas.